domingo, 14 de fevereiro de 2016

Sortilégios

 
 
Sortilégios

Caminho sobre o fio dos telhados ao entardecer,
quando a lua é substância
de sonhos
e tinge o coração de orquídeas.

Caminho e sussurro
sortilégios,
toco invisíveis borboletas
e, no minuto exato
em que o sol se desfaz
e uma lua líquida
levanta suas âncoras,
tuas mãos me alcançam.

Roseana Murray


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...