domingo, 14 de fevereiro de 2016

Bordados


Bordados De Mim

Sou assim...
Prosa e poesia
Canto e lamento
Alegria e solidão

Rosa nascida na pedra
Ave de asas cortadas
Vulcão que ainda fumega
Chuva em pleno verão

Sou assim...
Metáfora bordada
Nos versos do poema
Que o tempo não apaga

Sou, enfim,
Bordados de mim

Ariadna Garibaldi


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...