segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Amanhecer

 

Toque de Alvorada

Escorreu o dia como areia,
ficou a poesia amordaçada.

Mas a Lua na madrugada,
pondo-lhe uma caneta
entre os dedos ordenou:
-Toda poesia deverá ser liberada!

E então fez-se verbo
da palavra aprisionada!
A voz da poesia acordou o dia,
e assustou a passarada!

Lenise Marques

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...