domingo, 14 de fevereiro de 2016

Era Uma Vez...


Em um reino encantado
Não faz muito tempo
Vivia uma linda e sonhadora princesa....
Todos os dias, ela subia na torre mais alta
Do seu castelo
E ficava olhando as estrelas a sonhar...
Sonhava com um príncipe
Com um amor infinito...

Em um outro reino
Muito, muito distante
Vivia um rei...
Alto, forte, decidido, charmoso,
Mas sozinho
À procura de uma princesa
Que enchesse o seu coração de amor
Um amor que uma vez ele já tinha vivido
Mas que tinha perdido para a morte...

Ele ouviu falar da princesa
E escreveu para ela
Falou de seu reino
De tudo o que tinha
De como era culto, rico, poderoso
Dos países que conhecia
De todas as suas qualidades
Menos a modéstia,
Que era a única que lhe faltava...

A princesa ficou impressionada
Mas também assustada....
Como poderia, ela,
Com seu reino pequenino
Ousar pensar em ser a rainha
De tão vasto reino?
E resolveu ignorar....

O outono passou, o inverno chegou....
E um dia, o rei assim falou:
"Você mexe comigo...."
Aquilo impressionou ainda mais a princesa
Que criou coragem
E resolveu telefonar...

A voz do rei encheu os seus ouvidos
E o seu coração.
Tirou a princesinha do chão!
E eles se falavam, se falavam,
Se falavam....
As horas eram poucas
Para tudo o que tinham para contar...

E o rei convidou-a para conhecer
O seu reino...
Ela hesitou, mas sabia que esse dia chegaria...
E então se preparou
E viajou para aquele reino longínquo...
E foi tratada como uma rainha
E foi amada como nunca fora...
E foi feliz, e sorriu, e amou, e chorou
Porque nunca imaginara tamanha felicidade...

Mas o destino às vezes é cruel...
Algo de grave aconteceu no reino do rei
E obrigou a princesinha a retornar...
Feliz e ansiosa, sem conseguir se conter
Resolveu adicionar um guerreiro
Que morava em um outro reino
Também muito distante
Para conversar
Contou tudo o que tinha acontecido
E como estava feliz....

Porém o rei descobriu
E não aceitou. Ficou furioso
E gritou: "Transparência!"
Para se vingar, resolveu viajar
Para um reino além-mar
Com um antigo amor...

Pobre princesa! Como sofreu!
Mas tinha esperança que não fosse verdade
A vingança do seu amado rei...
Só que era... e ela sentiu o seu sonho desmoronar...
Às vezes sentia que o amava
Outras vezes sentia uma imensa raiva!
E foi num momento desses
Que resolveu escrever
E deu muitos, muitos motivos
Mostrando que a escolha do rei, afinal,
Era a acertada...

E assim termina
Uma linda história de amor
Mostrando que nem sempre
O "viveram felizes para sempre" é real...
Mas no fundo, no fundo
Ela sabe
Quando volta à mais alta torre do seu castelo
Para olhar as estrelas
Que em algum lugar
Um coração de rei continua a lhe amar!!!

Lucélia 
 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...