domingo, 14 de fevereiro de 2016

O Grande Guerreiro


Tilixi e Tixiliá

Numa tribo distante
Há muitos, muitos anos,
Havia um lindo e bravo guerreiro, Tilixi,
E uma linda indiazinha, Tixiliá.

E, entre o amor dos dois.
O cacique Etafé, de quem a bela
Indiazinha esposa seria.

Sob o efeito do aluá,
O valente guerreiro não se conteve
E beijou sua amada à luz do luar...

"Que morra de fome e de sede
O grande Guerreiro
Que ousou profanar a minha
Tixiliá!"

Ardendo de amores
Ela não se conteve
E do seu amado foi, às escondidas,
Saciar a sede.

Uma flecha voou e seu peito acertou
Etafé com seu sangue o ciúme aplacou...

E da terra regada com o sangue dos amantes
Nasceu uma linda palmeira
Como a todos dizer
Que maior que a morte o amor há de ser!

Isabel


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...