sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Mais uma do Drummond

Blog de meuamorvirtual :Borboletando, Mais uma do Drummond

Quero

Quero que todos os dias do ano
Todos os dias da vida
De meia em meia hora
De 5 em 5 minutos
Me digas: Eu te amo.

Ouvindo-te dizer: Eu te amo,
Creio, no momento, que sou amado.
No momento anterior
E no seguinte,
Como sabê-lo?

Quero que me repitas até a exaustão
Que me amas que me amas que me amas.
Do contrário evapora-se a amação
Pois ao não dizer: Eu te amo...
Desmentes
Apagas teu amor por mim.

Exijo de ti o perene comunicado.
Não exijo senão isto,
Isto sempre, isto cada vez mais.
Quero ser amado por e em tua palavra
Nem sei outra maneira a não ser esta
De reconhecer o dom amoroso,
A perfeita maneira de saber-se amado:
Amor na raiz da palavra
E na sua emissão,
Amor
Saltando da língua nacional,
Amor
Feito som
Vibração espacial.
No momento em que não me dizes:
Eu te amo
Inexoravelmente sei
Que deixaste de amar-me,
Que nunca me amaste antes.

Se não disseres urgente repetido
Eu te amoamoamoamoamo,
Verdade fulminante que acabas de desentranhar,
Eu me precipito no caos,
Essa coleção de objetos de não-amor.

Carlos Drummond de Andrade

Blog de meuamorvirtual : Borboletando, Mais uma do Drummond

 O amor tem que ser vivenciado todos os dias, todas as horas, tem que ser uma construção. E um "eu te amo" é um tijolo desta construção. Por isso, não canse de dizer estas três palavrinhas mágicas à pessoa que você ama. Todos os dias, todas as horas ou até, como falou o nosso mestre Drummond, exageros à parte, de cinco em cinco minutos...

Usando os tijolos do carinho, do respeito, da atenção e da delicadeza, com certeza será erguido um lindo castelo, uma construção sólida, que os abrigará nas tempestades e trará aconchego e calor para a vida!

Beijos, 

Com carinho

Isabel

Blog de meuamorvirtual : Borboletando, Quero

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...