sábado, 6 de fevereiro de 2016

Espera

Blog de meuamorvirtual :Borboletando, Espera

Espera

Amado... Por que tardas tanto?   
As primeiras sombras se avizinham   
E as estrelas iniciam a noite.

Vem...   
Pois a esperança que se acolheu em meu coração 
Vai deixá-lo como um ninho abandonado nos penhascos.

Vem... Amado...   
desce a tua boca sobre a minha boca 
Para a tua alma levar a minha alma 
Pesada de sofrimento!

Vem...  
Para que, beijando a minha boca   
Eu receba a sensação de uma janela aberta.   
Vem, Amado meu... 
Por que tardas tanto?

Adalgisa Nery

 Blog de meuamorvirtual : Borboletando, Espera

Meu Amado é meu, e eu sou sua; ele apascenta entre os lírios.

Antes do dia se romper, e das sombras fugirem, volta, Amado meu... (Ct 2.16,17)

 Levanta-te, vento norte! E vem tu, vento sul! Assopra em meu jardim, para que espalhem os seus aromas! Que meu Amado venha a seu jardim, e coma de seus excelentes frutos. (Ct 4.16)

Vem chegando a noite, e meu coração é ninho...

Por que tardas tanto?! Vem depressa, Amado meu!

Blog de meuamorvirtual : Borboletando, Espera

Beijos,

com carinho

Isabel

Blog de meuamorvirtual : Borboletando, Espera

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...