segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Jardineiro Sou...


Jardineiro Sou...

Mais um a andar e também a amar pelos jardins da vida....
Novamente estou a cultivar a mulher dos sonhos, moldando-a conforme os meus anseios...

Com medo da flor estou e, assim, impedindo-a de soltar o seu perfume e aumentando a sua dor.

Sufoco-a...
Impeço-a de mostrar a sua beleza e o amor exuberante pela vida.

Agora o jardineiro se vai, o destino o chama...

Vai, Mulher Ramada...
Vai, minha amada, pois agora estás livre...
Livre para soltar o teu perfume e desabrochar para o amor...

Blog de meuamorvirtual : Borboletando, Jardineiro Sou...

Releitura do conto “A Mulher Ramada”, 
de Marina Colasanti, 
feita pelo meu aluno Jonas, da EJA

Blog de meuamorvirtual : Borboletando, Jardineiro Sou...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...