sábado, 13 de fevereiro de 2016

Vida


Vida

A vida entra por minhas janelas
e com seus pregões e pássaros
vai tingindo a casa
devassando os sonhos
desmanchando as teias
desarrumando as sombras

A vida com seus pequenos
objetos fúteis
entra por minhas janelas
em vento cheio de gonzos
e senta-se à minha mesa
partilhando comigo o café

Roseana Murray

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...