segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

As Lições de Madonna Para Todas As Mulheres


Blog de meuamorvirtual :Borboletando, Mulheres: Madonna

Quando Madonna surgiu como Cleópatra fashion, ao lado dos seus gladiadores modernos, no show do intervalo do Super Bowl, cantando “Vogue”, não pude conter um arrepio. Ela estava linda, poderosa e fazendo pose, como se já não tivesse nos arrebatado o suficiente nas últimas três décadas. Aos 53 anos, Madonna é uma diva pop, segura de si e da sua arte e pronta para nos surpreender mais uma vez.

Como tudo que envolve a cantora, o show terminou em polêmica, por a rapper M.I.A – parceira de Madonna no novo single “Give me all your luvin” – ter mostrado o dedo do meio para o conservador e melindrado público americano. Nada que conseguisse ofuscar o brilho e o talento da rainha do showbiz.

Há quase trinta anos na estrada, Madonna é um exemplo de longevidade artística e também um modelo para todas as mulheres. Por quê? Primeiramente porque, desde o início, foi fiel aos próprios instintos. Quando estreou, ao vivo, no MTV Music Awards, em 1984, cantando “Like a virgin”, ela ouviu do seu empresário à época, Freddy DeMann, que sua carreira estava acabada. Tudo porque, ao descer os degraus de um bolo de noiva durante a apresentação, a jovem cantora perdeu o sapato e, para recuperá-lo, se jogou sensualmente no chão, como se aquilo fizesse parte do show. Acabou revelando mais do que queria. Nascia uma estrela.

Em outras palavras, mesmo tropeçando, Madonna nunca perdeu o rebolado e sempre acreditou nas próprias escolhas, ainda que desagradasse a todo mundo. Agora, na maturidade, conseguiu transformar o que poderia ser uma crise de meia idade numa volta triunfal. Ocupou o espaço mais cobiçado da TV americana, o intervalo da final do campeonato de futebol, com um espetáculo de cair o queixo, de quem é mestre na arte do showbiz e só teve que superar a si mesma.

E, na primeira amostra do novo disco, o single “Give me all your luvin”, Madonna exibe uma energia e um tônus muscular de deixar com inveja as jovens animadoras de torcida americanas. E mais: não hesita em dividir a cena com as rappers M.I.A e Nicki Minaj porque sabe que quem dá as cartas é ela.

O que Madonna tem a ensinar a todas nós, mulheres? Que nascemos para brilhar e ser protagonistas da nossa própria vida. Que somos o resultado das nossas escolhas e da nossa perseverança. Que a maturidade não significa assumir um papel de coadjuvante. Que nossa estrela não se apaga quando deixamos os outros brilharem. Que podemos nos cercar de hábeis “bailarinos” e dar o nosso próprio show. E, finalmente, que é possível envelhecer graciosamente. No clipe de “Give me all your luvin”, ela canta: “Let's forget about time/ And dance our lives away” (Vamos nos esquecer do tempo/E dançar por toda a vida).

Ou seja, a coreografia da nossa vida – até que as luzes se apaguem – quem faz somos nós. 

Por Beatriz Alesso

 Blog de meuamorvirtual : Borboletando, Mulheres: Madonna

Madonna não é exatamente um modelo ortodoxo de comportamento. Sempre foi polêmica, sempre abusou em suas coreografias... mas é inegável a sua força, a sua determinação, a sua dedicação... não é à toa que continua brilhando e que se tornou um ícone para todas as mulheres, principalmente as mais maduras, ensinando-nos a nunca desistir dos nossos sonhos e, mais que isso, nunca deixar de lutar por eles...

Beijos a todos, em especial às mulheres valentes, guerreiras, determinadas, como a Madonna!

com carinho

Isabel

Blog de meuamorvirtual : Borboletando, Mulheres: Madonna

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...