terça-feira, 22 de novembro de 2011

O Olhar


Olhar


O olhar feito cântaro
cheio até a borda
de puro mel.

O olhar como favo
ou quem sabe
uma teia de ternura
abraçando o mundo.

O olhar feito barco
de carregar o outro
até a outra margem,
até um porto seguro.

O olhar feito carruagem macia
de conduzir o outro,
com delicadeza,
pelos labirintos da vida
até seu próprio coração.



Roseana Murray



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...