quinta-feira, 17 de novembro de 2011

A Flor do Sonho



A Flor do Sonho


A Flor do Sonho, alvíssima, divina,
Miraculosamente abriu em mim,
Como se uma magnólia de cetim
Fosse florir num muro todo em ruína.

Pende em meu seio a haste branda e fina
E não posso entender como é que, enfim,
Essa tão rara flor abriu assim! …
Milagre… fantasia… ou, talvez, sina…

Ó flor que em mim nasceste sem abrolhos,
Que tem que sejam tristes os meus olhos
Se eles são tristes pelo amor de ti?!…

Desde que em mim nasceste em noite calma,
Voou ao longe a asa da minh’alma
E nunca, nunca mais eu me entendi…

Florbela Espanca







2 comentários:

  1. OLÁ MINHA AMIGA..VC TEM VÁRIOS POEMAS AQUI...
    MUITO BOM....BELO ESPAÇO...
    CONVIDE OS OUTROS AMIGOS A PARTICIPAR TAMBÉM E LOGO TEREMOS UMA IMENSA REDE...
    TODOS COMENTANDO E VISITANDO OS BLOGS UM DO OUTRO...

    BJSSSSSS

    ResponderExcluir
  2. lindo poema adoro escritas e poesias dela pois vem tudo na alma beijos e boa tarde

    ResponderExcluir

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...