quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Espera




Te Espero


Te sinto como quem sente 

as coisas tangíveis da vida
Te desejo como se deseja uma fruta madura
na ânsia da fome e do desassossego



Cada partícula de meu ser te chama

e nessa espera dolente
nesta tua ausência sem medidas
nada mais me resta
senão devorar a tua imagem



Lou Witt




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...